AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Emirados Árabes apresentam oportunidades de negócios e investimentos a empresários na FIERGS

Relações Internacionais

A embaixadora dos Emirados Árabes Unidos em Brasília, Hafsa Al Ulama, participou nesta terça-feira à tarde (23), na FIERGS, do evento Oportunidades de Negócios com os Emirados Árabes Unidos. Ao lado de representantes da Dubai Exports, da Dubai Chamber e do First Abu Dhabi Bank, ela apresentou às empresas gaúchas o ambiente de negócios do seu país, bem como potenciais parcerias comerciais e de investimentos. “Nosso país valoriza muito a relação com o Brasil, mas gostaríamos de melhorar o comércio entre ambos. E com Estado do Rio Grande do Sul, grande exportador, temos uma parceria histórica”, disse Hafsa. Pela manhã, ela se reuniu com o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, Gilberto Porcello Petry, que propõe a realização de uma missão organizada pela FIERGS ao país do Oriente Médio reunindo industriais gaúchos.


Segundo João Paulo Paixão, representante da Dubai Chamber, com escritório em São Paulo, a Câmara de Dubai possui no Brasil 217 mil empresas associadas com potencial interesse de realizar negócios no País. Ele aproveitou para convidar empresários gaúchos a participarem, entre 27 e 28 de fevereiro, do Global Business Fórum on Latin America, em Dubai. O evento reunirá chefes de Estado, ministros, CEOs de grandes corporações, autoridades do setor financeiro, investidores, executivos dos Emirados e empreendedores da América Latina e de Dubai.

O diretor do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul Aderbal  Lima destacou que as parcerias entre os dois países são promissoras e por isso a relevância da realização do encontro na FIERGS, na medida que, com trocas de informações, os empresários podem buscar uma maior ampliação de oportunidades.

Em 2017, o Brasil exportou para os Emirados Árabes Unidos US$ 2,5 bilhões e importou US$ 186 milhões, representando o 22º destino das vendas externas e a 57ª origem das importações brasileiras. Já com o Rio Grande do Sul, a relação comercial coloca os Emirados Árabes como o 24º destinos das exportações gaúchas e a 52ª origem das importações: US$ 169 milhões e US$ 10 milhões, respectivamente. Entretanto, houve uma queda de 6,1% nas vendas externas do Estado para aquele país do Oriente Médio em 2017, na comparação com o ano anterior.

O evento contou também com a presença do diretor da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), José Alcindo Ávila; do secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Evandro Fontana; do vice-presidente da Dubai Exports, Mohammed Ali Al Kamali; e da diretora-geral para América  Latina do First Abu Dhabi Bank, Angela Martins.

Crédito fotos: Dudu Leal