AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

negócios

A redução da taxa básica de juros pelo Banco Central, que desde o final de 2016 passou de 14,25% para 6,5% ao ano, ainda não trouxe totalmente os reflexos esperados pelas empresas, na avaliação do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry. A diminuição da Selic, cujo objetivo é o de estimular a atividade econômica que hoje atinge o menor patamar desde 1999, tem frustrado as expectativas dos empresários.

Com o objetivo de orientar as indústrias e aproximá-las dos agentes financeiros, a FIERGS, por meio do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC-RS), em parceria com o Sebrae, recebe na próxima terça-feira (27) a Sessão de Crédito e Negócios, às 13h, no Salão de Convenções, em Porto Alegre. O evento procura também estimular futuros negócios e parcerias entre micro, pequenas e médias empresas. Esta Sessão de Crédito ocorrerá ao longo do ano em outros municípios, a começar por Novo Hamburgo e Lajeado, em 28 de março. As inscrições são gratuitas e as vagas, limitadas.

O Brazil Network Day (BND) foi uma das atividades realizadas no segundo dia da Missão Energias Renováveis e Biogás Países Baixos, liderada pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, à Holanda, nesta terça-feira (13). Uma iniciativa da Embaixada do Brasil em Haia, o evento ocorreu na cidade de Rotterdam, com sessões plenárias reunindo palestrantes holandeses e brasileiros, e encontros de negócios com grupos do país europeu.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), lança uma nova forma de capacitação, por meio de Ensino a Distância. O primeiro curso dessa nova modalidade será Feiras Internacionais – Estratégias, Negócios e Oportunidades. Interessados podem se inscrever pelo site do EAD/CIN-RS: http://eadcinrs.fiergs.org.br/.

A embaixadora dos Emirados Árabes Unidos em Brasília, Hafsa Al Ulama, participou nesta terça-feira à tarde (23), na FIERGS, do evento Oportunidades de Negócios com os Emirados Árabes Unidos. Ao lado de representantes da Dubai Exports, da Dubai Chamber e do First Abu Dhabi Bank, ela apresentou às empresas gaúchas o ambiente de negócios do seu país, bem como potenciais parcerias comerciais e de investimentos. “Nosso país valoriza muito a relação com o Brasil, mas gostaríamos de melhorar o comércio entre ambos.

O embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat, foi recebido nesta segunda-feira (11), na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul,  pelo vice-presidente do CIERGS Carlos Alexandre Geyer. Suparat, que assumiu o cargo este ano, trabalha para intensificar as relações comerciais entre os dois países, mesmo que o Brasil se mantenha como principal parceiro da nação asiática na América Latina. Neste contexto, o Estado tem importante contribuição a dar.

Realizada em Düsseldorf, na Alemanha, a Feira Médica 2017 contou este ano com 5,1 mil expositores, de 66 países. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), organizou e coordenou uma missão ao evento que contou com 24 participantes gaúchos, sendo 14 empresas – cinco delas expositoras no pavilhão brasileiro – e quatro entidades. Mais de 123 mil pessoas, de 130 países, visitaram a feira.

Aproximar empresas interessadas em negócios envolvendo energias renováveis e eficiência energética foi o objetivo da 1ª Sessão de Negócios – Geração Distribuída de Energia com Fontes Renováveis no Rio Grande do Sul, realizada na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) nesta quinta-feira. Essa modalidade possibilita que o usuário, seja pessoa física ou jurídica, reduza a dependência da empresa concessionária do serviço de distribuição em sua região, pois tem a capacidade de produzir, além de consumir energia.

O 35º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA 2017) finalizou sua programação com números e percepções otimistas. O futuro das relações comerciais entre as indústrias dos dois países foi projetado a partir do protagonismo de Brasil e Alemanha em seus blocos econômicos, Mercosul e União Europeia, respectivamente.

O estande do Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) no Encontro Econômico Brasil Alemanha apresenta várias oportunidades para as indústrias. Uma delas é o Edital de Inovação para a Indústria – Sebrae, Sesi, Senai. Os 12 projetos gaúchos aprovados no ciclo um foram homenageados pelo Senai-RS. A startup Biopolix e o Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros terão 18 meses para desenvolver o projeto Biopelets nanoestruturado para plástico biodegradável.