AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

reunião

Lideranças de entidades empresariais do Vale do Rio Pardo e de Santa Maria trataram, nesta segunda-feira (15), sobre assuntos relativos à produtividade das regiões. O encontro foi realizado na sede do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco), em Santa Cruz do Sul, e contou com a participação de representantes de entidades de 12 cidades do Estado. “Reuniões como essa reforçam a posição da FIERGS na valorização do empresário industrial de todo o Rio Grande do Sul.

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, debateu com líderes empresariais gaúchos, nesta quinta-feira (11), a agenda do Governo Federal para a modernização do País.

Lideranças de entidades empresariais do Vale do Rio Pardo e de Santa Maria trataram, nesta quinta-feira, sobre assuntos relativos à produtividade das regiões. O encontro foi realizado na sede do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco), em Santa Cruz do Sul. "Reuniões como essa mostram que a FIERGS está sempre ao lado das indústrias, valorizando o industrial de todo o Rio Grande do Sul", declarou o presidente em exercício da FIERGS, Gilberto Ribeiro.

A primeira Reunião de Diretorias da gestão 2017/2020 da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS), liderada pelo presidente Gilberto Porcello Petry, reuniu nesta terça-feira (1/8) 80 diretores na sede da entidade. Na pauta, a valorização do industrial, a reativação da economia, a governança política e econômica, segurança pública, entre outros temas.

As ações prioritárias para o desenvolvimento da indústria foram apresentadas ao presidente da República Michel Temer, nesta terça-feira (16), pelos representantes das Federações das Indústrias dos três Estados do Sul (Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina), liderados pelo presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, e acompanhados dos principais empresários da região. Na pauta, proposições na área de infraestrutura, transporte, energia, relações trabalhistas e desenvolvimento industrial.

A declaração do embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, de que o Rio Grande do Sul é o parceiro brasileiro mais importante de seu país repercutiu com otimismo entre empresários da indústria gaúcha. Foi durante a reunião-almoço da Câmara Brasil-Alemanha no RS (AHK-RS), na terça-feira, 11 de abril, que o diplomata europeu mencionou tamanha consideração.

A reunião do Conselho Consultivo do Sesi de Montenegro foi realizada nesta sexta-feira , no Grupo K1, em Tupandi, com a presença do presidente da FIERGS, Heitor José Müller. A empresa abriga 11 marcas, entre elas a Móveis Kappesberg e a Idélli, e emprega hoje 1,6 mil pessoas. O diretor do grupo, Celso Theisen, integrante do Conselho Consultivo do Sesi, afirmou que 20% da produção é exportada. “Vendemos para mais de 30 países, principalmente para a América Latina”, disse.

Líderes e representantes de entidades empresariais do Vale do Rio Pardo trataram, nesta quinta-feira, sobre algumas das principais demandas para o desenvolvimento da região. O encontro foi realizado na sede do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco), em Santa Cruz do Sul. Entre os temas abordados estiveram a infraestrutura logística, como a duplicação da RS-287 e a situação da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, afirmou que “sem o associativismo, não vamos adiante.
“Estamos passando uma etapa histórica no País, um período de transformações. Não só pelo processo de impeachment, mas porque a sociedade exige respostas concretas”. A declaração abriu a palestra do presidente da FIERGS, Heitor José Müller, em reunião-almoço na Associação Comercial e Industrial de Alvorada (Acial), nesta quinta-feira (19).  Ele lembrou do manifesto publicado pela entidade “O Brasil não pode esperar”, em março deste ano, em apoio ao rito constitucional do impeachment.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) realizou nesta segunda-feira (21), em sua sede, uma reunião com a Bancada Federal Gaúcha. A entidade apresentou uma pauta mínima com os temas que impactam na competitividade do setor produtivo. "Nosso propósito é colaborar, através do diálogo franco e aberto, posicionando abertamente os interesses do setor industrial no desenvolvimento sustentado do País", afirmou o presidente da FIERGS, Heitor José Müller, ao abrir o encontro, que contou com 13 parlamentares.